Há três gerações olhando para o futuro

Esmorecer jamais
9 de julho de 2017
Projeto Cidade Segura atua no Centro
9 de julho de 2017

C20170526_161358asada com Wilson Rangel, de 86 anos, a atual conselheira fiscal da CDL Santos, Vilma Justo Rangel, de 79 anos, começou no ramo de ótica como funcionária da Ótica Modelar. Após alguns anos aposentada, hoje volta ao negócio para ajudar o marido e o enteado a manter o comércio em família, prosperando e inovando.

Como começou essa relação da família com o ramo de óticas?
Meu marido nasceu em Campos dos Goytacazes (RJ). Seu primeiro emprego foi na Ótica Rangel, dos tios Tito e Afonso Dias Rangel, em Porto Alegre (RS). Passado um tempo, retornou ao Rio de Janeiro e, ao lado dos irmãos, Fernando e Paulo, passou nove anos trabalhando na Ótica Fluminense. Os irmãos e ele decidiram que teriam o próprio negócio e passaram a economizar muito. Ele chegou até trabalhar em outras atividades extras, como vitrinista, por exemplo, para conseguir o dinheiro e iniciar a sociedade. Hoje, o Wilson ao lado do meu enteado, Rogério Rangel, de 40 anos, dividem o gosto pelo negócio e o respeito à história.

Porque escolheram Santos para empreender?
Quando conseguiram juntar o dinheiro necessário procuraram um lugar pela demanda de serviço e escolheram Santos. Na época existiam apenas nove lojas na cidade, a maioria ficava no Centro, onde estavam os médicos oftalmologistas.

Como se manter tantos anos no comércio, principalmente, com a chegada das grandes redes?
O mercado está realmente muito diferente do início da história da Ótica Modelar, quando ele e os irmãos abriram a loja na Rua Amador Bueno, 135, no Centro. Ainda conseguimos viver do nosso comércio, pois somos apenas nós da família que trabalhamos e o imóvel é próprio. A tradição, o atendimento de qualidade e a grande oferta de produtos é o que nos diferencia das grandes redes. É o que nos mantêm vivos no mercado. São 400 lojas, mais butiques, camelôs, farmácias e internet, todos vendem óculos e são nossos concorrentes diretos.

O que o Centro de Santos significa para a Ótica Modelar?
Aqui no Centro construímos a nossa história. Quando compramos o nosso imóvel e mudamos para esse endereço na Rua Dom Pedro II, 57, nos anos de 1969, conquistamos clientes de mais de três gerações que confiam em nossos serviços e produtos. Sabemos que há muito a melhorar no Centro para recuperar seu auge como grande Centro Comercial. No entanto, como lojistas temos que apoiar as melhorias e incentivar os eventos que já estão acontecendo, para a retomada desse ambiente tão significativo da história da cidade e do comércio da região.

Como a CDL Santos auxilia nesse processo de retomada do Centro?
Nós lojistas precisamos apoiar ainda mais as ações da CDL Santos. Eu me envolvo nos projetos, sou conselheira fiscal há cinco anos e sei da importância da instituição para os comerciantes. Essa união de todos nós só amplia as nossas oportunidades de negócios e nas melhorias para o crescimento da economia da região.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *