Como transformar seu cliente em Fã?

Três regras para um atendimento excepcional ao cliente
17 de Março de 2017
CDL Santos e Prefeitura de Santos implantam projeto piloto de ciclovia no Centro
27 de Abril de 2017

couch_marques1A Programação Neurolinguística (PNL) pode soar como algo muito complicado e que não está acessível aos nossos lojistas e funcionários. No entanto, em entrevista ao CDL Santos em Revista o coach, Alexandre Marques, explica o potencial que a PNL tem, para o comércio melhorar a sua atuação no atendimento, transformando um cliente de uma única compra em seu fã.

Marques atua nas áreas de estratégia executiva, educacional e comportamental. É palestrante motivacional e autor de livros e artigos sobre coaching, negociações e vendas, além de comunicação. Ele ainda é analista de negócios com mais de 18 anos de experiência em empresas de grande porte, como Natura, Banco Itaú, Vivo, Grupo Pão de Açúcar, C&A e Price Waterhouse Coopers.

Em palavras simples, como o conhecimento e ou desenvolvimento da neurolinguística pode ajudar no dia a dia das pessoas em geral e, principalmente, o lojista?
Todos merecemos ser guiados a potencializar e materializar nossas melhores capacidades e recursos. A PNL por meio de técnicas específicas, analisa, compreende e mapeia o comportamental, o emocional, a comunicação e os fatores motivacionais das pessoas, com o objetivo de trazer à tona o melhor de cada uma delas. Para os lojistas, ela é um recurso imprescindível na criação dos diferenciais de seus colaboradores e à maximização de resultados quantitativos e qualitativos.

Qual o tempo médio que seria necessário para a capacitação e colocação em prática?
Em quanto tempo o lojista já sentirá diferença em seu comércio, seja no aumento de lucro ou até na qualidade dos seus produtos e serviços? Se “X” compra algo de “Y”, esta venda pode não se repetir mais. Porém, se vier a ocorrer uma segunda vez, a chance de uma terceira, quarta… a “N” vezes é muito provável. Por este motivo é que a PNL, focada em vendas, não se resume somente em vender “mais” mas, principalmente, vender “melhor”. Não importa “o que” é vendido, mas “o como” é vendido! A aprendizagem das técnicas de PNL é imediata, podendo variar em função do grau de comprometimento e prática constante por parte do colaborador. Uma vez absorvidas as técnicas, são incorporadas e alteram, inconscientemente, a forma de negociar do colaborador, resultando em um ambiente de assertividade e confiança para os clientes.

A CDL Santos trabalha constantemente para que o nosso associado mantenha-se informado das questões da Cidade e também nas tendências no atendimento ao público, seja presencialmente ou de forma virtual, com o crescente uso das redes sociais no atendimento 2.0. Na sua opinião, quais são os ganhos para o lojista melhorando a sua relação com o cliente?
Transformar “clientes” em “fãs”! Quando ouvimos o termo “fã”, nossa mente é povoada por lembranças de nossos mais estimados e respeitados ídolos. “Fã” é o agente que, inconscientemente e a todo custo, defende o ídolo e jamais o abandona, apesar da distância, das dificuldades e do tempo. Em nível empresarial, os lojistas, tendo seus próprios “fãs”, conquistam defensores realmente fiéis que são a chave para o crescimento estruturado, consistente de seus resultados e sua imagem institucional. A abordagem assertiva e a prática de técnicas de PNL são ferramentas indispensáveis ao lojista, seja em contato com colaboradores ou com clientes.

Você como associado da CDL Santos, quais são os benefícios de participar de uma instituição ligada ao comércio da Cidade?
Os associados, provenientes de diversos segmentos de mercado encontram, na CDL Santos, uma estrutura atuante que nos representa como força ativa dentro do comércio da Cidade, fortalecendo networking entre associados, fomentado desenvolvimento, gerando parcerias consistentes buscando, consequentemente, o equilíbrio financeiro de seus associados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *